PERFECCIONISTA - O AMOR TRANCADO


Os perfeccionistas carregam o medo de não serem amados. E por que isso acontece? A possibilidade pode vir lá da sua infância, desde o momento em que você foi gerada. Como estava este ambiente? Seus pais estavam passando por dificuldade financeira? Estavam em crise? Veio de surpresa ou acidente?


Muitos não sabem, mas nós já fazemos uma leitura do ambiente em que nascemos, mesmo sendo muito pequenos. Já percebemos se o amor ali estará disponível, se seus pais estavam passando por algo muito difícil, se trabalhavam muito, tudo isso faz com que você desenvolva um mecanismo que fará com que você tenha a atenção deles. E um destes mecanismos é o perfeccionismo.


Em algum momento, você fez algo muito legal para seus pais que provavelmente foi uma responsabilidade, escovou os dentes sozinha, tirou notas boas na escola, soube resolver problemas para seus pais. E aí então você já entendeu: "toda vez que sou muito perfeita ou certinha, eu tenho atenção deles". E este mecanismo se repete por anos e anos e você vai usando este grande recurso nos seus estudos, na faculdade, no trabalho, nos relacionamentos. Só que este mecanismo começa a pesar, começa a ser cansativo, pois, claro, a gente vê que é impossível ser perfeita!


No feminino, uma das características que mais percebo nestas mulheres é algo com a ovulação. A ovulação tardia é mais comum (ciclos de 35 a 40 dias). Provavelmente no sistema familiar, as mulheres entenderam que precisavam se esforçar muito para serem vistas, amadas. O amor aqui pode ter sido visto como algo difícil, inacessível.


Mas como que faz para soltar este mecanismo? Me livrar do perfeccionismo? E a palavra é NÃO!


O caminho é você agradecer este mecanismo que você desenvolveu, pois, te ajudou a lidar com a dor, te ajudou a olhar para as questões dos seus pais, te ajudou a conquistar muitas coisas na sua profissão. E que agora, você acolhe a sua criança e fala para ela se divertir com a vida, brincar com a vida!


Mentalize essa frase, com óleo essencial de laranja doce, Imagine sua criança na sua frente e fale:


"Veja o papai e a mamãe, eles estavam envolvidos em coisas de adultos. Não tinha nada a ver com a gente. Você é apenas uma criança e só tem que brincar. Pode me dar este chicote e essa necessidade de ser tão certinha. Aqui onde estou eu posso me dar o colo e a liberdade de amar e ser amada de outras maneiras."


Fonte: Michele Hister


Você sabia que a Constelação Familiar pode lhe ajudar nesta e em várias outras questões?


Agende já a sua sessão! Atendimento online e presencial.

(48) 99809- 0732

contato@casapaz.com.br

www.casapaz.com.br


#perfeccionismo #perfeccionista #constelaçãofamiliar #constelacaofamiliar #casapazterapias #atendimentoonline #regressaodevidaspassadas #regressaoterapeutica #terapia #amorproprio #autocuidado #eumeamo #euposso #eusoucapaz